A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou proposta para estabelecer um teto para os juros do cartão de crédito. Pelo projeto de Ivo Cassol (PP-RO), os juros do rotativo não poderão exceder o dobro do CDI.

Na vida real, isso significaria baixar a taxa dos 475,8% ao ano, divulgada pelo Banco Central na semana passada, para 28%, já que a Selic está, atualmente, em 14%.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

*